terça-feira, 27 de dezembro de 2011

'É, moça, agora eu acho que acabou de vez. Eu sei que as vezes dá aquela saudade, aquela vontade de ter por perto, de reviver alguns momentos, mas tudo muito leve, sabe? Não é nada parecido com eu-preciso-de-você-agora-porque-você-é-tudo, é algo bem mais leve, algo parecido com que-bom-seria-se-você-aparecesse-por-acaso. É moça, agora eu to leve, acho até que vou voar.'
Malú Moraes
'Eu gosto de olhos que sorriem, gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram.'
Machado de Assis
'Sou forte. Meio doce e meio ácida. Em alguns dias acho que sou fraca. E boba. Preciso de um lugar onde enfiar a cara pra esconder as lágrimas. Aí penso que não sou tão forte assim e começo a olhar pra mim. Sou forte sim, mas também choro. Sou gente. Sou humana. Sou manhosa. Sou assim. Quero que as coisas acontecem já, logo, de uma vez. Quero que meus erros não me impeçam de continuar olhando pra frente.'
Clarissa Corrêa

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

é tão ruim que a gente esteja assim, distante, frio um com outro, se tratando com indiferença, como se nada tivesse acontecido, aqueles dias, noites e tardes tão lindos... você me pareceu tão sincero que eu te confiei tudo de mim, todos os meus segredos, e desde que isso aconteceu eu só confio em você, só consigo conversar clara e abertamente com você, com você eu posso mostrar meu verdadeiro eu solitário, triste e cheio de dor...
uma pena que tudo esteja assim, eu não sinto que posso me aproximar de você mais, não me sinto a vontade de conversar com você, parece que é errado eu fazer isso, não deveria, mas parece... mas você não me da abertura pra que eu o faça, eu queria sim poder contar pra você, já que você conquistou minha confiança, as coisas que enchem a minha cabeça, prometeria não tocar no assunto 'nós', mas eu gostaria de ter alguém pra conversar nesse momento, tirar um pouco dessas coisas que me sufocam e fazem meus ombros ficarem tão pesados! eu queria uma mão amiga pra me segurar quando meus joelhos falham, mas eu já não sei se é certo pedir isso a você, se eu posso fazer isso, e se posso, será que você seria essa pessoa? não sei, mas algo me diz que não, que você não aceitaria, que você não aguenta nem olhar na minha cara, que você tem nojo de mim agora... o por que eu não sei, é possível, tudo é possível nessa vida...
mas o que eu sei é que eu preciso de ajuda, de alguma ajuda, de alguém... de você (?).

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

'Ninguém te ama, ninguém te quer, ninguém te conhece, ninguém tem acesso à tua alma. Tuas neuras são só tuas, e parece que nada nem ninguém preenche esse vazio...' cfa
'Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Sonha que é de graça. Não espere. Promessas vem e vão. Planos, se desfazem. Regras, você as ditas. Palavras, o vento leva. Distância, só existe pra quem quer. Sonhos se realizam, ou não. Os olhos se fecham um dia, pra sempre. E o que importa você sabe, menina. É o quão isso te faz sorrir. E só.' cfa
'Não se perca. Não se esqueça. Viver bem é a melhor vingança.' cfa

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

eu quero, quero você, agora, até enjoar, de dia, de noite, de tarde, de madrugada, nos feriados, na semana, no fim de semana, todos os dias de todos meses durante muito anos... eu quero te ver crescer e me ver crescer ao seu lado, eu quero aprender com você e talvez exista alguma coisa que eu possa te ensinar... eu quero abraçar você quando estiver triste e saber que você vai me abraçar de volta e me dizer que vai ficar tudo bem... eu quero a segurança de saber que te tenho ao meu lado, que vou poder ver esse sorriso sempre que quiser, que vou poder contar com você sempre que precisar, assim como você também vai poder contar comigo.
'A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas?' cfa
'É uma resposta simples pra uma pergunta simples: Você vai voltar?' cfa

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

vou sentir falta...
daquele olhar de quando a gente se conheceu
de quando você me acordava e me dava bom dia
de quando você pedia pra eu te abraçar
de quando a gente tava com preguiça de levantar e você ficava falando pra eu tomar a iniciativa akjsdçklas
de quando você mordia o lábio e fazia gracinhas
de quando você sorria de um jeito estranho, mas ainda sim lindo
da sua cara de idiota nas fotos
do seu abraço apertado que me protegia de tudo
de quando você segurava minha mão quando estava dirigindo
de como você dizia que eu estava linda quando a gente ia sair
da sua cara quando eu fazia cócegas, e que até me machucava sem querer por conta disso
de quando você me chamava de meu amor, ou só amor e se corrigia me chamando pelo meu nome
de quando você cuidava de mim
de quando me dava bronca
de quando você lia meu blog
do dia que você me beijou e a rafa (sua afilhada de 4 anos) ficou com ciúmes
das suas mensagens
dos seus telefonemas
do melhor presente que já ganhei, o livro do caio fernando abreu
de como você sempre lembrava de datas importantes e estava ao meu lado nelas!
desse seu vício por trabalho!
vou sentir falta de tudo relacionado a você, mas eu vou deixar as coisas como estão, não vou correr atrás, chega de me humilhar pra tentar fazer as coisas darem certo, obrigada pelos momentos bons, obrigada pelos presentes e o maior deles foi ter te conhecido! Obrigada.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

'Quis morrer de novo, engoli outra rejeição - mais estou vivo e, sinto muito, vou continuar.'  cfa

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

consegui o ponto final, agora a vida pode seguir seu rumo...
não quero nada material que você tenha, nem que você possa me dar, só o que peço é amor, carinho, abraçado apertado, dormir juntinho, beijos, olhares apaixonados, sorrisos (principalmente os seus!), felicidade, vontade de ficar junto, filmes juntinhos, corpo colado, amasso, apertos, desejo, você, quero você, de qualquer forma, desde que venha com sentimentos demonstrados e verdadeiros, quero paixão, quero sentimento mútuo!
não sei descrever como estou e nem o que eu sinto nesse momento. confusão/certeza, decisão/indecisão, medo/coragem, segurança/insegurança, vontade/preguiça... sei que o que eu penso em fazer seria o certo, mas não me permito por que eu acredito que ainda possa dar certo, mas eu sei que se continuar assim eu vou acabar sofrendo, mas eu quero tentar, só não tenho certeza se essa vontade é mútua, por que se não for eu não quero ficar nisso sozinha, me diz logo, não existe um meio de fazer isso sem dor, então é melhor resolver ou acabar tudo isso antes que eu acabe me machucando mais.
eu sei o que é ser intensa, e eu imagino que eu estou só tirando a sua paz desde que isso tudo começou, eu avisei que eu era difícil de lidar, te avisei como eu era... eu não consigo seguir em frente sem um ponto final, e é você quem precisa colocar esse ponto pra que eu possa continuar meu caminho sem pensar que eu abandonei uma história, que não existe ponto final nisso, eu vou querer voltar atrás e tentar consertar... você me prometeu que a gente só ficaria junto enquanto os dois estivessem se fazendo bem, e eu sinto que eu não te faço mais bemmmmm
'Dói, um pouco. Não mais uma ferida recente, apenas um pequeno espinho de rosa, coisa assim, que você tenta arrancar da palma da mão com uma agulha. Mas, se você não consegue extirpá-lo, o pequeno espinho pode deixar de ser uma pequena dor para transformar-se numa grande chaga.' cfa

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

sinto coisas mudando dentro de mim, e parece que eu conheço essas mudanças...
mas ainda sim não sei se quero essas mudanças.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

'- Às vezes sinto falta de mim.
- Eu também, menina.
- Sente falta de si?
- Não, de você. E dói.' cfa
'So little to say
But so much time
Despite my empty mouth
The words are in my mind
Please wear the face
The one where you smile
Because you
Lighten up my heart
When I start to cry'

adele - first love
'Eu não sei se essa é sua intenção, mas você está me fazendo perceber que eu posso ser feliz sem você. Diz que me ama, mas suas atitudes só me provam o contrário. Não vou esperar você decidir se me quer ou não na sua vida. Tenho muita coisa aqui pra te oferecer, mas sabe o que é? Sou incompleta, também preciso receber... Portanto, não se assuste se um dia eu acordar com a capacidade de te olhar nos olhos, sorrir e dizer adeus.' cfa

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

já não basta ter passado por tudo que eu passei, ter perdido meu pai, ter vivido um inferno depois da morte dele, ter confiado na minha tia e no meu tio e depois descobrir que eles estavam roubando dinheiro da gente, ter tido que cuidar do bar, ficar lá com o bar aberto até de madrugada, que aguentar olhar de pena das pessoas, ter  vindo morar com a minha mãe, ter sofrido taaaaaanto, me sentir tão culpada pelo que aconteceu, ter perdido um amigo esse ano, sentir tanta saudade das pessoas que eu tinha antes, do meu pai, de tudo... agora eu tenho que viver a segunda parte da tragédia da minha vida?

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

essas fotos de casais pelo blog, são pra me torturar, só pode.
tenho medo de só estar servindo pra tampar um buraco enquanto ela está longe, que quando ela voltar e vocês se encontrarem você fique balançado e vocês acabem ficando, e eu sobrando na história..
por que todo mundo que eu me envolvo já tem uma história antiga, e eu sempre sirvo só de distração...
i can't let go, no i can't let go of you ♫
http://doces-devaneios.tumblr.com/post/13591894961/eu-sou-romantica-intensa-quero-ver-voce-hoje-e
não sei mas o que fazer, tudo que eu faço é errado, não da certo, te distancia mais de mim.
agora é cada um pro seu lado, espero que tudo dê certo pra nós nessa vida, acho que desisti de tentar fazer coisas certas e acabar estragando mais as coisas...
estou triste desde ontem, quando fui dormir chorei, chorei, chorei.. acordei pior, passei o dia sem vontade de fazer nada, nem de sair da cama, chegou a noite, e estou chorando ainda.. são tantos motivos...
ultimamente Deus tem me dado coisas boas, e depois tirado de mim, quero tudo de volta, agora.. quero simmmm ))))':
complicada, dramática, impaciente, insegura, boba...
essa sou eu de uns tempos pra cá, não sei ser de outro jeito..
mas juro que vou tentar.
chega de ficar me machucando, sozinha, com meus pensamentos sempre negativos... chega de sofrer por causa das minhas babaquices, chega.
por que tudo parece ter mudado...
parece que você não faz questão de passar seu tempo livre, que quase não existe, comigo.
parece que você não faz questão nem de sair junto comigo mais.
o jeito que você me olha está diferente, o jeito como fala comigo, e quando tá perto de mim.
você fala que gosta de mim, mas eu já nem sei, nem sempre apenas palavras bastam...
vai ver você só tá se decepcionando comigo, deve ter achado que eu era uma muralha mesmo, e depois que me conheceu viu que não é bem assim, e acabou se decepcionando, viu que eu sou carente, birrenta, desleixada com as coisas, sem foco nenhum, e as vezes sem vontade nenhuma de viverr..
eu costumava ser assim sabe, antes da vida ir me tirando as coisas aos poucos, era assim quando eu era completa, agora eu sou só metade...
me desculpe por ter te decepcionado, mas é assim que eu sou.. pareço ser forte, mas é só casca, e eu só mostro o que existe dentro de mim pra pessoas especiais, e você é uma delas.. tem gente que não faz ideia que eu sou assim, acham que eu sou coração de pedra, que eu não tenho sentimentos, acham que me conhecem mas não é bem assim... enfim, estou perdendo o foco... é isso, me desculpe mais uma vez.
dois meses, né?

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

eu estou te perdendo aos poucos, eu sei que sim.
cada dia você parece mais distante, diferente, suas atitudes estão diferentes, o seu jeito de me olhar, pequenos detalhes, tudo mudou...
eu também mudei, eu sinto mais vontade de ficar com você, sinto mais medo de te perder, sinto muuito mais saudade, tudo que eu sentia por você ficou mais forte, muito mais intenso, muito perigoso... e vendo como eu estou agora eu fico tentando me impedir de sentir essas coisas, e fico falando pra mim mesma que eu não vou mais ser boba como eu fui a minha vida toda, fico tentando me convencer de que eu consigo simplismente deixar de sentir qualquer coisa, mas não é bem assim, infelizmente, eu estou me machucando por dentro, sozinha, e colocando a culpa nas pessoas que estão perto de mim. o muro que um dia já existiu ao redor do que eu sentia foi destruído há um tempo, nunca mais consegui reconstruir, ninguém deixou, aí chegou você e no começo eu me sentia tão segura com relação ao que a gente começou a sentir, daí o tempo foi passando, e levando a minha segurança, me deixando de guarda-baixa, até que eu fiquei assim, totalmente insegura de tudo, e você mudou, minha situação só piorou... peço encarecidamente que se você não quiser continuar isso, POR FAVORRRR, me fale pra que eu sofra logo tudo de uma vez, pra que o sofrimento não seja muito maior no futuro...
acho que eu estou apaixonada demais por você, e com medo que não seja recíproco, eu já sofri assim antes, algumas vezes, e sei como dói, então, por favor, por favor, por favor, seja sincero comigo e ou diga o que aconteceu, o por que de tudo estar ou pelo menos parecer tão diferente, ou não diga e me faça te odiar de alguma maneira pra que fique mais fácil te esquecer, se for pra ser assimmm...
talvez o amor só seja assim pra mim, e pra você não seja nada disso... ♫

domingo, 27 de novembro de 2011

e por gostar tanto eu tenho medo de acabar me machucando, medo de que você não esteja sendo sincero comigo, medo por você ter mudado comigo, medo de pensar em perder você...

sábado, 26 de novembro de 2011

eu não sei por que eu acredito nas coisas ainda, a vida já me deu tanto tapa na cara por conta disso, mas eu continuo aqui, que nem uma idiota, acreditando em TUDO que me dizem, em tudo!
'Mas como menina-teimosa que sou, ainda insisto em desentortar caminhos. Em construir castelos sem pensar nos ventos.' cfa
'Frágil - você tem tanta vontade de chorar, tanta vontade de ir embora... Tanta vontade de viajar pra bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço.' cfa
'Amor não resiste a tudo, não. Amor é jardim. Amor enche de erva daninha. Amizade também, todas as formas de amor.' cfa
palavras da boca pra fora são só...









palavras.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

'É como se mil pessoas se importassem com você, menos uma. E, de alguma forma, era a única que você necessitava que se importasse.' cfa
cada dia eu tenho mais certeza de que eu nasci só pra me foder nessa vida amorosa do caralho.
por que tudo no começo é tão bom e intenso de ambas as partes e depois muda? é pra deixar saudade ou pra que a gente faça comparações horríveis de como era bom e ficou estranho, frio, esquisito? não da pra entender, sinceramente, o pior de tudo é que parece que está tudo se repetindo, a história da última vez...
estou cansada de procurar tanto uma coisa e sempre encontrar metades, pessoas que não tem espaço na sua vida e iludem outras pessoas espaçosas e no final a espaçosa sempre sai machucada, sempre... sempre.
li em um lugar ou foi uma música não lembro ao certo, que as pessoas só precisam das outras pra se curarem de  outras pessoas que as machucaram, aí quando elas estão boas elas vão embora e deixam a pessoa que as curou machucada, daí vem outra pessoa e cura ela, e assim segue... só não entendo porque eu sou sempre escolhida pra curar as pessoas e ainda não veio ninguém pra me curar, quando eu acho que alguém veio me curar, PÁ, um tapa na cara, não é bem assim querida, não é bem assim!
cada dia que passa eu tenho mais certeza que tudo que eu penso é verdade ou tem sentido, e sinceramente me sinto uma boba por ser como eu sou , tão iludida com as coisas, sempre esperando demais das pessoas e por isso sempre me decepcionando, querendo mais do que as pessoas tem a oferecer, me iludindo e sendo intensa demais o tempo todo... queria tanto voltar a ser como eu era antes, parar de ser tão kamila ):
talvez eu só precise chorar um pouco, tirar toda essa dor de dentro de mim, esse peso das costas porque eu não aguento mais sentir tanta dor, dói tudo, só de lembrar o nó na garganta aparece e enche meus olhos de lágrimas...
eu preciso de alguém que faça questão de passar o dia ao meu lado, alguém com pelo menos um espacinho na vida pra mim aonde eu me sinta um pouco querida e importante, preciso de alguém que me conte sobre a sua vida, que não me faça sentir mal por ter contado tudo sobre a minha tão facilmente, preciso de alguém que enxugue minhas lágrimas e me dê um abraço apertado quando eu estiver triste, preciso de alguém sincero, que seja homem o suficiente para me dizer que fez besteira, preciso de alguém que...








preciso de alguém que pareça que um dia vai gostar de mim pelo o que eu sou....

domingo, 20 de novembro de 2011

o seu abraço me conforta, me da segurança e a certeza de tudo nessa vida... mas quando esse abraço acaba essa certeza vai embora junto contigo, um pouco de medo aparece, um pouco de tristeza, e muita, muita, muita saudade, uma vontade enorme de ficar perto, de encontrar esse olhos castanhos tão lindos, de segurar sua mão... de você por completo.
*-*
http://letras.terra.com.br/jack-johnson/101147/#original
eu não sei como eu me meto nessas encrencas, é sempre igual, não adianta, no final eu sempre quebro a cara e fico machucada, pelos cantos, tentando encontrar um pouco de esperança e força pra não desistir...

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

me sinto só, mas quem é que nunca se sentiu assim, procurando um caminho pra seguir uma direção, respostas ♫

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

'Discretamente, enviei sinais de socorro aos amigos. Ninguém me ajudou. Me virei sozinho. Isso me endureceu um pouco mais. Não foi só você, não. Foram também pessoas até mais íntimas, (...) me virei sozinho com enormes dificuldades. Não me lamuriei. Mas preciso que as pessoas saibam que isso doeu - exatamente por que algumas dessas pessoas (...) importam para mim.' cfa
'Às vezes a gente vai-se fechando dentro da própria cabeça, e tudo começa a parecer muito mais difícil do que realmente é. Eu acho que a gente não deve perder a curiosidade pelas coisas: há muitos lugares para serem vistos, muitas pessoas para serem conhecidas.' cfa

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

'Ela gostava quando, depois de muito tempo calada, ele pegava no seu queixo perguntando - o que foi, guria? Ele gostava quando ela dizia sabe, nunca tive um papo com outro cara assim que nem tenho com você. Ela gostava quando ele dizia gozado, você parece uma pessoa que eu conheço há muito tempo. E de quando ele falava calma, você tá tensa, vem cá, e a abraçava e a fazia deitar a cabeça no ombro dele para olhar longe, no horizonte do mar, até que tudo passasse, e tudo passava assim desse jeito. Ele gostava tanto quando ela passava as mãos nos cabelos da nuca dele, aqueles meio crespos e dizia bobo, você não passa de um menino bobo.' cfa

domingo, 13 de novembro de 2011

'E mesmo sorrindo por aí, cada um sabe a falta que o outro faz.' cfa

sábado, 12 de novembro de 2011

'... dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Uma solidão de artista e um ar sensato de cientista... tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.' cfa

(from: http://www.fotolog.com.br/booble_ruulez/57046477)
'Uma pessoa, quando tá longe, vive coisas que não te comunica, e tu, aqui, vive coisas que não a comunica. Então, vocês vão se distanciando e, quando vocês se encontrarem, vocês vão se falar assim: oi, tudo bom e tal, como é que vão as coisas? E aí ele vai te falar, por cima, de tudo que ele viveu, e, não sei, vai ser uma proximidade distante. Não adianta, no momento que as pessoas se afastam, elas estão irremediavelmente perdidas uma da outra.' cfa
'Tô exausto de construir e demolir fantasias. Não quero me encantar com ninguém.' cfa

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

é engraçado, quando uma pessoa nasce pra uma coisa, ela não conseeeeeeeegue se manter longe dessa coisa, penso até que é genético, meu pai era assim, eu sou assim... ou melhor, eu não era assim, e comecei a ser assim.
esses dias vão ser óoootimos pra mim, maravilhosos, porque eu sempre odiei a distância, sempre, e eu me conheço, quando vem a tal distância, eu sei mais ou menos o que acontece dentro de mim, pode não acontecer dessa vez, mas quem sabe dizer se vai ou não acontecer?
eu sei que, como eu já tinha tri-pensado esses dias, eu me decidi, sério. decidi me mandar por dentro, vou implantar uma governo de Hitler dentro de mim, e assim vai ser, vou me proteger, me impedir, como eu já fiz outras vezes... aprendi uma técnica indolor e infalível, e assim vai ser, vou me fechar no meu mundinho mais uma vez, só me fechar, eu estava tão bem nele antes, tão tranquila, tão só...
como diz o kamau na música - só ' me fecho no meu mundo e aumento o volume do som, assim eu me recordo dos motivos que eu tenho pra ficar e me manter sendo positivo, nem sempre tudo sai do jeito que a gente almeja mas eu continuo até o fim, mesmo que seja, só preciso a aprender a ser só, a me manter só, me fortalecer só, por que eu quero viver e não sobreviver só, mas não guardo rancor, aqui eu guardo amor só'

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

'não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descobram seu gênio, que entendam seu amor.' cfa
nos seus olhos quero descobrir uma razão para viver, e as feridas dessa vida eu quero esquecer ♫
'não consigo mais aceitar relações pela metade. em outras palavras raspas e restos não me interessam.' cfa
'não adianta, não sei explicar. as palavras traem o que a gente sente.' cfa

terça-feira, 8 de novembro de 2011

sinto que estou estragando tudo aos poucos, com esse meu jeito de quem não quer nada com a vida, com essas minhas birras, minhas manhas, minhas bobeiras, minha vontade de saber tudo de você.
as vezes sinto que aos poucos você tá se afastando de mim.
eu tenho tantas perguntas, mas não faço por que sei que você não vai responder, e isso fica martelando na minha cabeça, me deixando louca, cheia de inseguranças, imaginando mil coisas, me deixa com medo e estranha.
mas vou começar a reconstruir minha muralha, aos poucos vou me calando, parando de perguntar, ficando cada vez mais na minha...

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

'Já eu agradeço intensamente o momento em que a conheci, como já disse uma ou várias vezes, quando a olhei pela primeira vez, me senti uma formiguinha perto de você, parecia uma grande muralha, pensei ''Nessa aí eu tenho chance não'', mais como sou brasileiro e não desisto nunca fui e lá e pá, ainda bem que tive coragem por que hoje posso ver o quanto você é linda intensamente por dentro e por fora, olha eu me sinto muito bem ao seu lado e não quero que você desista dos seus sonhos eu quero poder estar com você até que alcance seus objetivos e vou fazer com que você os alcance.
Já que gosta das minhas críticas construtivas aí vai mais uma:
Você primeiramente tem que gostar de você, para depois gostas dos outros, preciso que você se interesse mais pelos seus estudos, sua SAÚDE, essa é primordial, afinal preciso de você bem, pra depois cuidar de mim.
Esses são apensar poucos momentos que já passamos juntos e virão ainda mais...'
eu quero saber do presente, do nosso presente, quero saber o que você sente, como foi seu dia, como você está. quero também as vezes responder essas perguntas, mas só as vezes, prefiro saber de você do que falar de mim, me importo mais com você do que comigo, e não sei se consigo deixar de ser assim, sempre me colocando em último lugar. quero aprender a cuidar de você, a não me sentir tão menina boba, a não gaguejar, falar tudo errado e ser tão desastrada quando estou perto de você. quero aprender a ser mais focada e objetiva como você é, quero conquistar minhas coisas e ser independente, observar você e tudo que você conquistou sozinho e tão novo me da vontade de querer crescer. lembra daquele dia em que te falei que tinha perdido a vontade de correr atrás dos meus sonhos? então, estar com você está me dando vontade de fazer isso, obrigada por me motivar e me dar broncas construtivas, obrigada por não me deixar desistir de tudo como já pensei muitas vezes antes, obrigada por se importar comigo e estar comigo quando eu preciso, obrigada por tudo que você tem feito por mim nesses dias, obrigada por existir e estar na minha vida, obrigada  <3

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

'você tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia.' cfa
'e se eu te olhar cem vezes, acredite, em cada uma delas estarei me apaixonando um pouco mais.' cfa
'aprenda uma coisa: se a vida tá te batendo tanto, é porque tu aguenta, é porque tu é forte.' cfa
'ela é mais que um sorriso tímido de canto de boca, dos que você sabe que ela soube o que você quis dizer. ela fala com o coração e sabe que o amor, não é qualquer um que consegue ter. ela é a sensibilidade de alguém que  não entende o que veio fazer nessa vida, mas vive.' cfa

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

gostaria que soubesse como meu coração dispara quando você coloca sua mão sobre a minha quando está dirigindo, quando toca meu rosto, quando me beija. gostaria que soubesse como eu me sinto quando te vejo, como fico feliz só de estar perto de você, como você me faz bem. gostaria que soubesse também como eu tenho medo de te perder, como eu sinto sua falta quando estou longe de você, como eu te queria aqui, agora...

quarta-feira, 19 de outubro de 2011


'Pensar a longo Prazo Significa:
Fazer com que esse sentimento que está começando a surgir em nós seja mais que carnal e momentâneo, gostaria de ter alguém do meu lado pra poder construir muitas coisas juntos, não sei talvez pudéssemos já pensar em construir algo duradouro, não que eu esteja já te pedindo em casamento, mais gostaria de alcançar meus sonhos ao seu lado e gostaria de ajudar você a alcançar os seus, gostaria muito de ver você crescendo, ver você um dia como Delegada Federal, já que tanto quer isso, como já te disse você precisa começar a correr atrás, e preciso de alguém do meu lado que pense tão grande como eu, quero por demais construir coisas duradouras
Não quero que se assuste, mais acho que sempre quis encontrar alguém que me entendesse de uma vez por todas, não sei parece tão fácil duas pessoas se relacionarem, mais na pratica isso se torna muito complicado, acho que um dos meus defeitos com relação a sentimento e que me envolvo muito rápido e é sempre muito intenso.


PODERIA ESCREVER HORAS E HORAS.'

sábado, 15 de outubro de 2011

'talvez você pule esses três ou quatro muros que nos separem e segure a minha mão, assim, ofegante, pra nunca mais soltar.' cfa
você tem cuidado tanto de mim e eu tenho te dado tanto trabalho que não tenho cumprido com a minha parte do acordo, cuidar de você, mas eu fico me perguntando como eu faria isso porque quando chego perto de você eu me sinto tão menina, e quando você coloca a sua mão em cima da minha meu coração acelera tanto que nem consigo respirar e quando você me beija o mundo a nossa volta não existe. me desculpa por não cumprir a minha parte do acordo, você precisa me mostrar o que você precisa porque ao meu ver você já é um homem feito e não precisa do pouco que tenho a oferecerrr.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

'Então sigo assim, penso em você, sorrio, peço pra Deus cuidar da gente.' cfa

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

ficar deitado um de frente pro outro, só observando, decorando cada centímetro do seu rosto, do seu sorriso, dos seus olhos, passando a mão no seu rosto... aproveitando a sua prensença.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

é incrível como as coisas mudam no decorrer de alguns dias, as prioridades, as vontades, tudo, e creio que foi o que aconteceu. parece que as poucos a nuvem de confusão está saindo da minha cabeça, tudo está ficando claro e limpo novamente, porém com uma diferença, nada está no mesmo lugar de antes, tudo tem um lugar novo, algumas coisas antigas não parecem estar mais aqui, e coisas novas estão aparecendo, e sim, eu estou gostando demais das coisas novas, e se as coisas antigas forem verdadeiras elas vão voltar... tinha tanto tempo eu não me sentia assim, tão certa de algumas coisas, tão certa de nada, mas o mais importante, tão certa.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

quando fecho os olhos consigo te imaginar direitinho, até o brilho nos olhos, levanto o braço pra te alcançar e fazer um carinho, aí me lembro que só estou com os olhos fechados, que você não está aqui, comigo.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

São exatamente 04:02 da manhã de segunda-feira, acabei de assistir o filme 'Dear Jonh' e sim, eu estava chorando, não sei exatamente o porque, talvez seja por que a história do filme é linda, ou por que tenha me identificado com alguma coisa, ou por que sou boba mesmo sabe, sei que chorei e ainda estou chorando, tá agora eu sorri por me sentir boba escrevendo isso. Não sei se consigo dormir, cabeça cheia, sabe como é. E dia primeiro de outubro está chegando,  a data de aniversário do meu pai, já imagino como estarei nesse dia, triste, sei que vou chorar, e sei também que vou tentar esconder de alguma maneira essa tristeza e esse choro, e sabe a única coisa que eu sei que quero muito nesse dia? a sua presença, é, só isso, que é o que tem me segurado, preciso só que você me abrace, não precisa dizer nada, ou que faça algumas gracinhas pra tentar me fazer sorrir, mas eu preciso que você me dê forças nesse dia. Não sei se você estará comigo, nem sei se vou contar pra alguém o que esse dia significa, talvez eu fique em casa ouvindo uma música do tokyo hotel que meu pai gostava ou assistindo 'a última música', talvez eu saia e tente disfarçar minha dor bebendo, e depois, provavelmente, chorando pelos cantos, talvez eu passe o dia na cama, dormindo pra não ter que viver esse dia, não sei. Está parecendo que eu estou sofrendo por antecipação, mas eu sei como sei ser triste as vezes, e deixar as pessoas ao meu redor tristes também, gostaria de te prevenir, o que, na verdade, eu mais gostaria de fazer era não sentir essa dor, ou saber disfarçar ela pra que ninguém percebesse que tenho sentimentos, pra que todos achassem que eu sou fria, mas eu não consigo fingir isso, nem nada ligado a sentimento, o que eu sinto sempre está escrito na minha testa, também é possível enxergar essa escrita no fundo dos meus olhos...
Agora são 04:18, já apaguei e reescrevi algumas (várias) frases desse texto, mas enfim, a finalidade disso tudo é pra que você fique ciente de que eu precisarei (ainda mais) de você comigo nesse dia, pra poder aguentar firme e forte, por que se não eu sinto que eu vou desistir, de tudo, sinto que não vou aguentar a dor que vai machucar umas 1000 vezes mais do que está machucando agora (eu chorando de novo)... me desculpe se eu te encho o saco com essa história, com essas besteiras, mas eu sou assim, só sentimentos sabe, acho que é o que faço de melhor, sentir, e é o que sei fazer, nem descrever o que sinto eu sei, eu só tento, mas é em vão, enfim...
me perdoe por tudo isso.
'E ainda que essa coisa, o amor, fosse complicada demais pra compreender e detalhar nas maneiras tortuosas como acontece, naquele momento em que acontecia dentro do sonho, era simples. Boa, fácil, assim era. Ela gostava de estar com ele, ele gostava de estar com ela. Isso era tudo.' cfa

domingo, 25 de setembro de 2011

'TENHO REPETIDO QUE, NO QUE DEPENDER DE MIM, ME RECUSO A SER INFELIZ.' cfa

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

[...] Tinha o costume de ignorar e esconder o que me perturbava. Encarar algo que saiu do controle em sua própria vida é uma tarefa difícil e exige mente sã. Eu empurrava para qualquer gavetinha dentro de mim e evitava o máximo mexer. Minha atitude de fuga era regada por pensamentos de que algo ruim na vida não era tão ruim assim e que poderia ser muito pior, ou que eu não tinha o direito de me sentir na merda por que havia muitas outras pessoas sofrendo de verdade e que a minha dor era apenas uma piada.
Um grande erro. Não existe dor de mentira, toda dor é de verdade. Uma dor não deixa de doer por existirem outras dores maiores. Como eu poderia querer felicidade se não aceitava  nem minhas próprias dore? Dor não dilui na água, dor tem que ser desatada como um nó.
Tive que aceitar a minha vida com tudo que está dentro dela. Nunca conseguiria mudar se não achasse o foco merecedor de mudança, ou se não desse a devida importância a ele. Essa é a minha vida, essas são as minhas dores, vamos então às minhas alegrias. [...]
O primeiro passo para se realizar um sonho é acordar dele. Se eu queria algo, por menos ou mais grandioso que fosse, eu teria que sair da inércia, do comodismo, da preguiça e, de fato, agir. [...]
Ainda sou a mesma, e tudo ao meu redor também. O que mudou foi a forma como eu encaro a minha vida e a mim mesma. Porque a vida eu não mudei, ela ainda está lá, eu mudei foi a forma de viver.
( from: http://corramary.com/a-vida-a-dor-e-a-felicidade/ )

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

queria que nós nos víssemos com mais frequência, e que nessas vezes fosse só pra nos ver mesmo, pra conversar, rir, brincar, falar sério, relembrar histórias engraçadas de quando éramos crianças, ficar junto, só pra aproveitar a presença um do outro, sem festas, bebidas, ciúmes, cigarros e tudo que acompanha essas noites de loucura. só eu e você, ver um filme, sentar em um banco, na sombra de uma árvore, eu não sei, queria que mudássemos um pouco esses nossos encontros, queria aproveitar mais você, porque sempre parece que passa tão rápido. e ver você de dia é tão melhor, dá pra ver o brilho desses olhos verdes, ouvir a sua risada e sua voz direitinho, dá pra parar e só te observar e ver que quando você percebe que eu estou te olhando você sorri e pergunta: 'que foi?', ou passa a língua nos lábios e sorri em seguida, e vai dar pra perceber que quando você me olha nos olhos eu não consigo te olhar de volta por mais de três segundos, que eu fico vermelha na maioria das vezes que sorrio, que me atrapalho toda as vezes e que não falo nada com nada, que fico mais desastrada do que sou, e que da pra ver a felicidade de estar contigo através dos meu olhos e do meu sorriso.
'e me dá uma saudade irracional de você. uma vontade de chegar perto, de só chegar perto, te olhar sem dizer nada, talvez recitar livros, quem sabe só olhar estrelas... dizer que te considero - pode ser por mais um mês, por mais um ano, ou quem sabe por uma vida - e que hoje, só por hoje ou a partir de hoje (de ontem, de sempre e de nunca), é sincero.' cfa

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

se eu já sentia medo disso tudo antes, imagine agora, eu não quero me sentir 'presa' à você pra sempre, não quero que aconteça o que aconteceu antes. eu sou realista quanto a tudo agora, ou tento ser o máximo possível o que as vezes não é muita coisa sabe, mas eu sei que tudo acaba, e sei também que é provável e possível que não dê em nada isso tudo, quero dizer, nós dois, não que eu não queira, na verdade eu também não sei o que eu quero, sei que quero você, isso que importa, e isso também que me da medo, medo sentir sozinha, de gostar sozinha, de querer sozinha... eu tenho uma mania feia de comparar o que estamos vivendo agora com o que eu vivi com aquele outro, e isso me deixa tão feliz com relação a nós e o que está acontecendo, sei que é uma comparação injusta, por que isso aqui, agora, é e sempre será um zilhão de vezes melhor do que aquilo, não sei como definir sabe, eu só sinto isso, e sempre agradeço a Deus por ter te colocado na minha vida, naquele dia, naquela festa, eu estava em um momento tão frio da minha vida, sem sentir nada, sem acreditar em nada, sem me interessar por nada, nem estava escrevendo por que eu não conseguia, e aí você chegou, e trouxe alguma coisa que me fez voltar ao normal, não sei, ouso dizer que me encantei com você desde a primeira vez que te vi, sei que desde que você chegou eu tenho mantido minha sanidade sentimental, e tenho me segurado demais em você, mesmo sem saber você me ajuda a passar por algumas situações, situações ruins por sinal, obrigada.
e o presente é tão lindo não é? pra que querer saber do futuro, ele nem chegou ainda, não necessita de atenção, só o presente, ele sim precisa... e estou eu aqui com toda atenção do mundo pra receber ele... sz

sábado, 17 de setembro de 2011

muita coisa mudou, muita coisa ainda está mudando, tanto dentro quanto fora de mim, as pessoas, os sentimentos, as vontades, tudo. sei muito bem o que eu quero, só gostaria de saber o que as outras pessoas querem, o que elas sentem, não seria bem mais fácil assim? nos pouparia muita dor, e muito tempo também. pra mim pelo menos, acho que se fosse assim eu teria ganhado um ano a mais na minha vida, aquele ano que eu perdi tentando fazer uma coisa dar certo sendo que eu SEMPRE soube que não daria.
'Que me desperte com um beijo, abra a janela para o sol ou a penumbra. Tanto faz, e sem dizer nada me diga o tempo inteiro alguma coisa.' cfa

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

'Fico quieto. Primeiro que paixão deve ser coisa discreta, calada, centrada. Se você começa a espalhar aos sete ventos, crau, dá errado. Isso por que ao contar a gente tem a tendência a, digamos, 'embonitar' a coisa, e portanto distanciar-se dela, apaixonando-se mais pelo supor-se apaixonado do que pelo objeto da paixão propriamente dito.' cfa

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

'Só olhando você, sem dizer nada. Só olhando e pensando: meu Deus, mas como você me dói de vez em quando.' cfa
eu tenho medo de te machucar e tenho medo que você acabe me machucando, tenho medo de tanta coisa... ainda mais quando as coisas estão assim, tão frias, aquece meu coração só um pouquinho, pra que ele não acabe morrendo aos poucos.

domingo, 11 de setembro de 2011

'Ô menina, veja bem... Ouça uma boa música, leia um bom livro e bola pra frente. Pode parecer clichê, mas funciona. Vá por mim.' cfa

sábado, 10 de setembro de 2011

eu sou como eu disse ontem a noite para um amigo, 'eu sou apaixonada pelos meus amigos, loucamente, sou apaixonada por tudo ao meu redor, desde pelas pessoas quanto pelos detalhes, sou apaixonada pela noite, pelo dia, pela vida, embora as vezes ela me decepcione, mas as pessoas também nos decepcionam, e  mesmo assim eu tenho fé nelas, e minha paixão continua, sou apaixonada também por uma pessoa em especial, percebo agora... é, sou uma eterna apaixonada, esse é meu problema'.
tudo tem uma magia, já percebeu? a natureza, os animais, as pessoas, os sorrisos, e os olhos, principalmente eles, tudo tem beleza, a gente precisa aprender a enxergar isso, o tempo passa, a gente fica velho e só vê o lado ruim das coisas, a magia se perde...
Como deve ser bom ligar e dizer ''aconteceu algo terrível, sinto que não vou suportar'' e ouvir ''senta e me espera, tô indo agora te ver''. cfa
'Eu queria te dizer tanta coisa que... só te abraçando mesmo.' Pedro Pondé
'Mesmo tão cheia de defeitos sempre foi sua. Sempre fui só sua. Sempre quis ser só sua. Sempre te quis só meu.' cfa

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

essa foto me deu uma saudade do meu tommy ):
um rosto lindo e um sorriso encantador e um jeitinho de falar que me pirou, que me pirou o cabeção ♫

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

'Muita coisa que parecia importante ou significativa amanhã virará pó no filtro da memória. Mas o sorriso (...) ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo.' cfa
'você se sente sozinho no meio deles, porque você não pode se mostrar como realmente é.' cfa

domingo, 4 de setembro de 2011

ver seu rosto, seus olhos, seu sorriso, me acalma e me deixa nervosa ao mesmo tempo, como é bom te verr, te abraçar, te beijarrr, te sentirr. you don't have any idea how much i was and i'm still missing you...
queria poder gravar cada momento do seu lado, cada beijinho, cada sorriso, cada olhar, gravar pra assistir depois e não sentir como se eu tivesse inventado esses momentos, assistir pra ver a mensagem que é transmitida pelos olhares, pra ver você, pra ver nós dois, pra ver, pra sentir, pra sentir o coração batendo forte, pra ficar boba, pra sentir saudade e pra matar a saudade ao mesmo tempo que se sente.
'-Você está cheio de memórias (...)
-Eu sei. Às vezes acho que não vou esquecer. Mas está passando. Vai passar, vai passar.' cfa
'Continue andando. Enfrente seus problemas de cara. Reaja. Vai. Tá pensando que é só você que sofre? Tá enganada. Anda menina. Para de ser infantil. A culpa não é de ninguém... Se apaixonou agora segura. Anda. Seja forte. Seja feliz. Seja mulher.' cfa

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

éé..

'um dia, quando a gente menos espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem na verdade a gente é' cfa
ela tenta todos os dias, tenta falar tudo que da vontade, tenta não esconder o que ela é na verdade, mas ela também não sabe se ela se esconde muito, talvez ela se esconda uns vinte e cinco por cento, ou talvez ela não esconda nada e tenta todos os dias se convencer de que ela é melhor do que isso, talvez ela tenha medo de afastar as pessoas quando elas começarem a entende-la, começarem a entender a loucura que de pouquinho em pouquinho toma conta de uma parte dela, a parte que foi abandonada pelo seu maior amor, o seu herói, a única pessoa no mundo que ela não aceita que tenha a abandonado, a pessoa que vai sempre fazer falta, a pessoa que sempre foi a metade de tudo que ela é, com o passar do tempo ela vai entender que ela sente falta de algo e se enconde por que ela não é mais cem por cento, agora ela é só metade, ela não é perfeita. sempre que ela se olhar no espelho a única coisa que ela vai ver são defeitos, sempre... as qualidades foram embora junto com o pai, naquele maldito dia que ela fez besteira e não pode se despedir.

domingo, 28 de agosto de 2011

e quando você sente tanta saudade de uma pessoa a ponto de querer sair de casa as vinte e duas horas e vinte e quatro minutos, correndo pra chegar no trabalho dessa pessoa que só Deus sabe aonde fica, só por que tem a doce ilusão que encontrará o local, depois encontrará ele e irá abraçá-lo tão forte que ele ficará sem fôlego. a doce ilusão daquele beijo suave que só ele tem, a doce ilusão de ver aquele sorriso, aqueles olhos, aquela boquinha em forma de coração que ela tanto sonha em ver novamente, parece que faz tanto tempo que essa saudade vive dentro dela, sempre que ela o vê a saudade que estava acumulada não se vai toda, sempre sobra um pouco, sempre. saudade faz mal, saudade a deixa triste, saudade faz ela chorar... saudade mata a esperança e os sonhos aos poucos, mas essa saudade também parece não ter fim.
8,325 dores. 132,441,000 felicidades. 234,624,179 sorrisos. 375,263,872 tristezas. 791,267,871,009 decepções. 625,897 conquistas. 43 paqueras. 12 possíveis amores. 1 amor verdadeiro. 1,134 mentirosos. 6,171,184,162 abraços. 532 beijos. 628,163,716,816 brigas. 615,271,376,192,002 risadas.








































e apenas 19 anos.
http://www.fotolog.com.br/x_c00kie/47012865 )

sábado, 27 de agosto de 2011

'[...] Quantas milhares de vezes terei que repetir que te quero por perto? É. Será exatamente assim, vou encher teu saco sempre, cobrando um tantinho só de carinho/atenção. Estou aqui, bem aqui, esperando por um abraço teu. Não me negue, em momento algum. Por favor. Amor, sim, é isso que terá de mim. Não importa a forma que ele se manifestará, o que vai existir e nunca ficará ausente, será amor. Adoro a tua companhia, adoro o teu modo de sentir raiva, adoro tudo, exatamente tudo em você. Eu te prometo que vou estar aqui, sempre aqui, a toda hora que você precisar. Estarei aqui, pode o tempo passar, pode você dormir, mas quando abrir os olhos, eu estarei contigo.
Eu quero te fazer esquecer tudo o que já passou, quero te dar um novo começo. Um começo comigo. Basta você deixar, basta você querer. Eu vou passar por cima de tudo se for preciso. Mas eu não quero perder tempo, eu quero aproveitar o pouco que tenho de você. Você pode me trocar, mas eu sempre vou te esperar. Isso parece bobagem, mais sei lá. Eu estou gostando de estar contigo o tempo todo. [...] Promete que nunca vai me abandonar. Promete?'

http://flaflaflavotas.blogspot.com/2011/08/eu-estou-procurando-entender-o-que-eu.html )

terça-feira, 23 de agosto de 2011

'Não é que pensei outra coisa de gente grande?  Esta é assim: tudo que parece meio bobo é sempre muito bonito, por que não tem complicação. Coisa simples é lindo. E existe muito pouco.' cfa
'Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde. Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã Quero cama desarrumada, lençóis, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: é muito quando é demais.' cfa
'Sempre fui um pouco áspero, fechado, sempre tive dificuldade de receber amor. (...) Na verdade eu sempre precisei de afeto, só que antes eu não admitia.'  cfa
'Preciso de segurança, de amor, de compreensão, de atenção, de alguém que sente comigo e fale: Calma, eu estou com você e vou te proteger! Nós vamos ser fortes juntos, juntos, juntos.' cfa

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

eu tenho medo que tudo se perca por causa de uma besteira, por um ciúmes, por uma frase mal colocada, por um momento, por um olhar. você não sabe o tanto eu espero de você, o quanto eu me seguro em você, desde que tudo isso começou meus dias tem sido melhores, você é o que traz felicidade pra minha vida ultimamente, já que o que tinha me sobrado se foi junto com a última pessoa que a vida me tirou... você tem me ajudado mesmo que inconsciente a continuar firme e forte, a não pensar em desistir, a enfrentar a vida todos os dias com um sorriso no rosto! se você soubesse o que se passa dentro de mim você entenderia, em mim reina confusão e vontade de desistir de tudo, de sair da vida de todos, sem dar notícia, de desaparecer no mundo ou fora dele...
'Every time we say goodbye I wish we had just one more kiss, I wait for you, I promise you, I will' (8)
'Nada mais importa. Agora você me tem, agora eu tenho você. Nada mais importa. O resto? Ah, o resto são os restos. E não importam.' cfa
eu imagino você lendo meus textos ao meu lado, e ao terminar só olhar pra mim, me dar um abraço e falar que nada vai se perder que você vai ficar aqui e que eu não preciso me preocupar por que você se sente do mesmo jeito que eu. me imagino junto com você, você sentado fazendo alguma coisa enquanto eu escrevo sobre como seus olhos ficam bonitos no sol ou como sua boca tem um formato parecido com um coração. poderia escrever sobre tantas coisas, me desculpe a minha intensidade mas eu não sei ser de outro jeito nem fingir, sou transparente com relação ao que sinto, sincera e transbordo amor.
me lembro como se tivesse sido hoje você indo me buscar naquela casa pra gente conversar, lembro das cinzas que voavam levadas pelo vento e pousavam suavemente no seu ombro, chegamos ao carro, você se sentou e olhou pra mim, começamos a conversar, você estava bravo por um ciúmes bobo, fomos conversando e esclarecendo tudo até a parada, você parou o carro novamente, eu virei pra você e perguntei se estava tudo bem mesmo, sua boca disse sim , sua voz e seus olhos disseram não, segurei seu rosto e o trouxe pra perto de mim, você me deu um beijo, falei toda sem jeito que eu não conseguiria fazer isso a você nem se eu quisesse, mas a voz saiu falha, tremida e rápida. quando eu estou com você eu fico toda desajeitada, gaguejo e falo besteiras e coisas sem nexo. você me deu outro beijo, encostei minha testa na sua e fechei os olhos, te beijei, senti seus lábios macios, ri por dentro e pensei ' como você tenta explicar uma coisa sem explicação pra ele, só você é assim kamila, nem todo mundo entende e acredita nas suas palavras', parei e olhei fundo nos seus olhos, me perdi, fiquei te olhando e você riu e perguntou o que era, eu sorri e disse 'nada'. você não faz ideia de como meu coração acelera quando você chega, me abraça, me beija ou só me olha. eu fico me perguntando se você percebe esses detalhes bobos que consigo ver com tanta importância.

domingo, 21 de agosto de 2011

'Gosto de pensar que quem já morreu fica num lugar quentinho, que a gente não vê, cuidando de quem ainda não morreu. E se você quiser agradar a essa pessoa, é só fazer coisas que ela gostava. Aí ela fica ainda mais quentinha e cuida ainda melhor da gente.' cfa
'Então, não perca seu tempo comigo.Eu não sou um corpo que você achou na noite. Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer. Eu não preciso do seu dinheiro. Muito menos do seu carro. Mas, talvez, eu precise dos seus braços fortes. Das suas mãos quentes. Do seu colo pra eu me deitar. Do seu conselho quando meu lado menina não souber o que fazer do meu futuro. Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade. Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber o quanto você ganha. Quero saber se ganha o dia quando está comigo.' cfa
'Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa. Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva boias. E se ela se afogar, se recupera. Estranho é que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é? A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras ferias antigas? A moça... ela amou muito, ama, amará, e muito se machuca também. Por que amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar. Ás vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera? E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça - que não era Capitu, mas também têm olhos de ressaca - levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário... Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.' cfa

terça-feira, 16 de agosto de 2011

eu precisava de você aqui, agora, precisava só de um abraço seu, não precisava falar nada, por que eu sei que nessas horas ninguém sabe o que dizer, e eu não sei o que eu gostaria de ouvir, além da sua respiração, seu coração batendo. queria sentir que eu não vou te perder, por que nessas horas tudo parece frágil, fácil de se perder e de ir embora, ninguém está alheio a essas coisas, e só de pensar nisso meu coração aperta mais, se eu pudesse manter você ao meu alcance sempre, se pudesse te proteger o todo tempo eu faria. eu criei esse medo de perder as pessoas, e aos poucos ele se mostra maior do que eu pensava que era, parece que eu o alimento e assim ele cresce cada vez mais. preciso entender que você não vai a lugar nenhum, pelo menos não por enquanto, por que as coisas mudam, eu sei, esse aí é outro medo meu, as coisas mudam...
sinto que tudo vem sendo tirado de mim aos poucos, cada pedaço de felicidade, cada pessoa que trouxe alegria  pros meus dias, cada parte feliz que restou nesse coração ferido, seguirei firme, seguirei...
marquinhos, meu lindo, eu sempre fui apaixonada por você, você sempre foi um menino carinhoso comigo, mesmo eu sendo chata com você, lembro das nossas risadas juntos, quando a gente ia matar aula e ficava de baixo do bloco jogando conversa fora e fumando um cigarro, lembro até que a giselle escreveu na sua carteira que era o seu último asjdklajsd momentos simples e bobos como esse mas que me fazem falta. a gente conviveu tão pouco tempo juntos, mas mesmo assim, foi o suficiente pra que eu conhecesse um pouco e me apaixonasse por você, pela sua pessoa, pelo seu jeito engraçado. saiba que você estará sempre no meu coração marquinhos, sempre, que eu não vou esquecer o seu sorriso, nunca, te amo meu anjo.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

eu não me canso de pensar em você, no seu sorriso, nos seus olhos, no seu abraço. e cada vez que eu percebo que parece ser recíproco eu me apaixono mais. estou apaixonada pelo seu jeito, pela sua voz, pelo jeito que você me olha, pelo jeito que você me beija. e quando eu disse que da pra se perder nos seus olhos eu não menti, por que eu sempre me perco neles.
'a gente tem que parar com essa mania de achar que todas as pessoas são iguais, parar de ter medo de que toda história se repita e acabe da mesma forma como acabam algumas outras histórias frustantes que a gente viveu. não vamos deixar o medo, e um passado de merda atrapalhar a nossa felicidade, não podemos desistir um do outro assim tão fácil.' cfa

sexta-feira, 12 de agosto de 2011



um ano e dez meses sentindo sua falta.
e seis dias sentindo a sua.
parece uma eternidade esses dias longos, essas horas que não passam, e o que me segura ultimamente também está me deixando com saudade, já são seis dias sem um abraço se quer, só ouvindo sua voz, quando eu ouço, vem logo me abraçar, vem fazer com que eu me sinta protegida novamente, vem ao meu encontro meu amor, vem.
'Eu não me canso de ver esse sorriso. Eu não me canso de ver esses olhos. Eu não me canso de provocar esses sorrisos, e te ver rindo até com os olhos. Ah, eu não me canso de você.' 


(http://www.fotolog.com.br/lauanee_carolina/92007784)

terça-feira, 9 de agosto de 2011

eu preciso te ver, para entender que é algo real, quando você está longe, parece que tudo vai desmoronar a qualquer momento, parece que é mentira, que eu estou inventando esse seu jeito, memórias nem sempre são confiáveis e eu já deixei de confiar nas minhas a muito tempo, ela já me traiu diversas vezes, por isso essa saudade infinita existe dentro de mim, por que eu preciso tonar essas lembranças reais, preciso te tocar, te abraçar, te beijar, sentir sua pele na ponta dos meus dedos, olhar no fundo dos seus olhos verdes, onde eu quase sempre me perco. eu preciso sentir que nós estamos perto, que essa distância que apareceu nas nossas conversas ultimamente é só pelo simples fato de não ser pessoalmente, ou que eu estou percebendo coisas onde na verdade não existe nada para ser percebido. eu preciso .... eu preciso.

Às vezes se eu me distraio
Se eu não me vigio um instante
Me transporto pra perto de você
Já vi que não posso ficar tão solta
Me vem logo aquele cheiro
Que passa de você pra mim
Num fluxo perfeito
Enquanto você conversa e me beija
Ao mesmo tempo eu vejo
As suas cores no seu olho, tão de perto

Me balanço devagar
Como quando você me embala
O ritmo rola fácil
Parece que foi ensaiado
E eu acho que eu gosto mesmo de você
Bem do jeito que você é
Eu vou equalizar você
Numa freqüência que só a gente sabe
Eu te transformei nessa canção
Pra poder te gravar em mim
Adoro essa sua cara de sono
E o timbre da sua voz
Que fica me dizendo coisas tão malucas
E que quase me mata de rir
Quando tenta me convencer
Que eu só fiquei aqui
Porque nós dois somos iguais
Até parece que você já tinha
O meu manual de instruções
Porque você decifra os meus sonhos
Porque você sabe o que eu gosto
E porque quando você me abraça
O mundo gira devagar
E o tempo é só meu
E ninguém registra a cena
De repente vira um filme
Todo em câmera lenta
E eu acho que eu gosto mesmo de você
Bem do jeito que você é
Eu vou equalizar você
Numa freqüência que só a gente sabe
Eu te transformei nessa canção
Pra poder te gravar em mim 
Equalize - Pitty

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

"Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade." cfa

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

uma vez aquele outro me disse: 'parece que você sempre quer me falar alguma coisa, mas você sempre decide se calar. quando a gente conversa, eu sinto que você não se abre, não me fala o que realmente pensa, parece que esconde alguma coisa, um pensamento, sei lá'
e é verdade, eu sempre me proíbo de falar o que eu quero falar, ou melhor, eu nem sempre falo tudo que eu gostaria de falar, com medo de quem estiver escutando não entender o que eu quero dizer, com medo de me mostrar cem por cento, com medo de falar o que eu sinto e mostrar também a intensidade desse sentimento. eu sempre peso na balança o que pode acontecer caso eu diga o que quero dizer, e na maioria das vezes eu acho que não vale a pena falar e perder o que não se tem, é coisa da minha cabeça, eu não cogito a possibilidade de falar e acontecer alguma coisa boa, me sinto meio negativa quanto ao que pode acontecer sabe, enfim, acabo sempre me calando e sorrindo ao invés de falar.
A cada dia que vivo, mas me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. Carlos Drummond de Andrade
hoje eu vi uma lua bem parecida com essa da foto, tava tão bonita, o céu tava tão limpo e claro. fiquei com vontade de mandar uma mensagem pra avisa-lo da lua, e de como ela estava linda, pra que ele fosse olha-la também, eu não sabia se era uma boa ideia, e acabei resolvendo não mandar. eu nunca sei se as pessoas reparam no que eu reparo, se elas se interessam por coisas bobas, como eu me interesso, se elas gostam das coisas simples que eu gosto, eu nunca sei o que esperar dos outros, o que os outros pensam, e sempre sinto que eu estou incomodando de alguma forma. desse jeito que eu vou me fechando pro mundo e me guardando mais e mais pra mim.
ontem, ontem não, hoje de madrugada quando fui dormir, deitei e peguei meu fone e fui ouvir 'você pode ir na janela' a música começou e com ela vieram as companhias de sempre, as lágrimas e a saudade com gostinho de nostalgia no fundo da garganta, esse passado sempre presente, que não é esquecido e que não deve ser esquecido, os risos, os abraços, as idas quase que diárias ao supermercado em plena madrugada, ou ao am.pm, os gritos de 'miiiiiiiiiiiiila' na escada, os poucos abraços e sempre desajeitados da minha parte, a falta dos 'eu te amo'... parece que essa dor nunca vai embora, esse nó na garganta e aperto no peito, e parece que eles sempre me pegam com a guarda-baixa, desprevinida e desprotegida.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

'Eu não quero viver longe de você. Digo, viver sem falar contigo, sem saber como foi o seu dia, o que você fez, como está se sentindo. Até porque, longe fisicamente de você eu já estou.'
Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

'Nunca tinha sido tão intenso, nem tão bonito. Nunca tinha tido um jeito assim, tão forever' 
CFA
mais tempo livre, mais tempo sozinha, mais tempo pra pensar, mais tempo pra imaginar, mais tempo pra me perder dentro de mim, medo

domingo, 31 de julho de 2011



'Desejo a vocês: Namoro no portão, domingo sem chuva, segunda sem mau humor, sábado com seu amor, chope com os amigos, viver sem inimigos, filme na TV, ter uma pessoa especial, e que ela goste de você...'

(http://www.fotolog.com.br/coisasdeagnes/78579944)
'eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou... e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos. e vou dando muito de mim e aceitando o pouquinho que os outros tem para me dar'
CFA
existem coisas que não podem ser descritas, memórias que não podem ser registradas além de no nosso pensamento, e foi assim ontem, foi lindo, foi bom, foi você e eu, dormindo abraçados a noite, e acordando olhando pra esses seus olhos verdes, tem pouco tempo mas já estou com saudade.
meu amor, está tudo caminhando tão bem, mas infelizmente estou pressentindo desastres, vem me salvar, vem.

sábado, 30 de julho de 2011

'tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras; sou irritável e piro facilmente; também sou muito calma e perdôo logo; não esqueço nunca; mas há poucas coisas de que eu me lembre; sou paciente, mas profundamente colérica, como a maioria dos pacientes; as pessoas nunca me irritam mesmo, certamente porque eu as perdôo de antemão; gosto muito das pessoas por egoísmo: é que elas se parecem no fundo comigo; nunca esqueço uma ofensa, o que é uma verdade, mas como pode ser verdade, se as ofensas saem de minha cabeça como se nunca nela tivessem entrando? tenho uma paz profunda, somente porque ela é profunda e não pode ser sequer atingida por mim mesmo; se fosse alcançável por mim, eu não teria um minuto de paz; quanto a minha paz superficial, ela é uma alusão à verdadeira paz; outra coisa que esqueci é que há outra alusão em mim - a do mundo grande e aberto; apesar do meu ar duro, sou cheia de muito amor e é isso o que certamente me dá uma grandeza...' 
Clarice Lispector

sexta-feira, 29 de julho de 2011

parece que até a sua foto sorri pra mim

terça-feira, 26 de julho de 2011

'minha maior tristeza é que todo novo amor que eu arrumo vem sempre com algum velho amor tão longo e bonito. e eu sofro porque com pouco tempo não consigo ser melhor que o muito tempo. e de sofrer assim e enlouquecer assim, nunca dou tempo de ser muito para esses amores porque estrago antes'
aqueles olhos tão lindos, aquele sorriso maravilhoso, aquela risada gostosa, aquele abraço apertado, aquele beijo suave, aquele jeito de me olhar, aquele jeito carinhoso, aquela voz calma e meio rouca ás vezes.. aaah aqueles olhos parecem que se encaixam perfeitamente com os meus.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

o motivo da minha saída hoje era te encontrar, mesmo não querendo admitir eu sei que foi por isso, dormi e acordei pensando em você, mesmo sem querer, eu preciso te encontrar, conversar, questionar, conhecer, entender o por que dessa saudade aparentemente sem motivo. do que eu sinto saudade? se não tenho o que lembrar pra senti-la, se não existem lembranças pra causar essa saudade infinita, e SE existe está no meu sub consciente, bem guardada a sete chaves, onde nem mesma eu posso encontrar, memórias de noites de embriaguez, ás quais eu daria tudo pra viver de novo, só que dessa vez sóbria...
por que você não vem, de onde quer que você esteja para acabar com essas dúvidas e me ajudar a criar essas malditas lembranças das quais eu necessito tanto!
eu queria ter lembranças dos poucos momentos com você, como eu tenho de outros momentos com outras pessoas, queria poder lembrar do cheiro da sua pele, do seu perfume, lembrar dos abraços, dos beijos, dos carinhos, do jeito que você me olha, da sua voz quando fala comigo, do seu sorriso, de alguma mania, queria lembrar de algo que aquecesse meu coração, palavras bonitas ou atos. fecho os olhos e tento lembrar, mas não me vem nada, só a imagem borrada do seu rosto, até isso não é completo pra mim. não entendo essa vontade de você, sinceramente. eu queria que só uma vez, a gente se encontrasse, sem ser nas mesmas ocasiões que nós nos encontramos normalmente, queria te conhecer, de verdade, pra criar lembranças de nós dois, mesmo que elas acabem machucando mais do que me alegrando no final das contas...

terça-feira, 14 de junho de 2011


'Você pode não entender se ás vezes fico pelos cantos
um tanto quieta, recolhida, mergulhada no meu pranto
é que ele me liberta na hora
no momento em que eu boto pra fora
o que já não me serve vai embora
e assim, eu fico leve

sai, deixa correr
toda água contida
então sai, deixa correr
toda mágoa velada é água parada
e uma hora transborda'

Água Contida - Pitty