sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Tão ruim sentir saudade de um abraço apertado, de um cheiro e um beijo. Tão ruim guardar os momentos na memória e tentar relembrar e não conseguir tão bem. Só queria voltar para aquela segunda-feira à noite e aquela terça-feira de manhã, dos carinhos e cafunés, dos beijos e abraços. Quanta saudade de você.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

‘Metade do meu coração só quer te ver de novo e a outra só pensa em você’

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

“A vida é simples, você faz escolhas e não olha para trás.”

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Aquele momento que você tenta dormir e a cabeça está tão cheia, pensamentos a mil que não consegue fechar os olhos e não tentar achar soluções para os seus problemas, mesmo sem querer, às vezes eu queria tomar uma ritalina pra colocar todos os meus pensamentos em ordem e tomar decisões de forma rápida e sempre pensando em mim, em primeiro lugar. Talvez me desse a coragem que preciso para me mudar para outra cidade e começar do zero, já que sempre foi minha vontade, mas nunca tive coragem suficiente para fazer... Pode ser que eu só queira fugir dos meus problemas, provavelmente é isso, mas só de ter a consciência tranquila para dormir já me deixaria feliz.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Cabeça tão cheia que não consigo colocar meus pensamentos em ordem.

domingo, 5 de novembro de 2017

Toda história precisa de um ponto final, e por mais que as lembranças sejam boas a gente precisa abrir espaço para viver novas histórias. Precisamos fechar um ciclo para iniciar outro, e depois de tantas situações e dores de cabeça eu sinto que já passou da hora de fechar esse. Não é mais saudável, me faz mal todas ás vezes que a gente se encontra, não quero mais isso para mim. Preciso tocar minha vida para frente, da mesma forma que você fez. 
Ainda não sei como colocar um ponto final nisso, mas eu quero e vou colocar, vou fechar esse ciclo, tudo que vai sobrar são memórias e boas lembranças. 
Chegou a hora de realmente dar adeus a isso.  

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Queria sumir esse feriado e fim de semana com você, pegar umas roupas, barraca, e cair na estrada, ir para Pirenópolis, acampar, assistir o nascer e o por do sol, só nós dois, talvez umas cervejas, banho de cachoeira, beijo, frio, dormir agarrado, carinho e cafuné. Sem ligar para nada, telefone desligado, fotos para recordação e boas lembranças. Ou só ficar trancados no teu quarto, assistindo filmes, seriados, precisar voltar umas 10 vezes a mesma cena porque a gente começou a se beijar e perdeu uma parte importante. Comer besteira (apesar de saber que você é enjoado com isso), cervejas, te encarar e não falar nada, decorar cada centímetro do seu rosto e do seu corpo, rosas, mais cafuné e carinho. Sem preocupações, sem responsabilidades, sem problemas e dores de cabeça.