quarta-feira, 19 de abril de 2017

Mais uma vez sonhei com o Alberto, o motivo eu desconheço, talvez seja o inconsciente querendo me trollar, no começo foi um sonho bom mas no fim, como sempre, tudo desmoronou. 
Quando acordei a saudade mais uma vez me pegou de jeito, queria entender que ligação é essa que eu sinto até hoje. Será que isso é amor? 
Estava conversando com uma amiga um dia desses e contei sobre a época que estávamos juntos, como ele me tratava bem, se lembrava de tudo que eu falava para ele, contei sobre uma conversa alcoolizada que tive com ele e contei meu escritor favorito, as datas mais tristes do ano e quando uma dessas datas triste chegou ele me deu um livro do meu escritor favorito com uma dedicatória na capa, dizendo para usar a dor que eu sentia em meu favor, para lutar pelos meus sonhos e os tornar realidade, e embaixo do seu nome escreveu 'gosto de cada minuto que estou ao seu lado', uma frase do Caio Fernando Abreu. E ao lembrar dessas histórias me deu uma nostalgia boa do pouco tempo que tivemos juntos, e isso foi o suficiente para me fazer querer ele mais do que tudo. Eu confiava tanto nele, eu abri meu coração, abaixei a guarda, e me entreguei, foi muito bom enquanto durou, mas tudo que é bom acaba. Hoje só me restam lembranças, e certamente ele nem se lembra mais de mim...