quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Quem muito quer, nada tem, e cá estou eu sozinha novamente. Não que antes não estivesse, mas só agora a ficha caiu, eu afasto todos ao meu redor, eu e essa minha esquisitisse, mania de não ter ninguém. Viver só é bom, mas com o passar do tempo a gente começa a de fato se sentir sozinha.